A fase do envelhecimento é marcada pelas alterações fisiológicas progressivas no organismo; elas reduzem a capacidade de adaptação do idoso às atividades funcionais, afetando principalmente o equilíbrio, o que ocasiona maiores riscos de queda nesta idade.

É o mais frequente e sério problema de acidente doméstico registrado em idosos que pode resultar em hospitalização, dependência de locomoção e até a morte. Uma parcela de 30% dos idosos acima de 65 anos sofrem quedas pelo menos uma vez por ano.

A queda pode ser um sinal do início do declínio da capacidade funcional do idoso, ou sintoma de uma nova doença. De qualquer forma, há meios de prevenir essas quedas com simples prevenções no ambiente doméstico e cuidados básicos com a saúde.

Causas físicas mais comuns de quedas

Visão prejudicada pela idade que pode causar quedas .

Quadril e pernas podem ficar mais fracos, o que dificuldade o caminhar.

Problemas na postura e degeneração da coluna.

Perda da habilidade de levantar o pé durante o caminhar.

Interação de medicamentos que causa tonteira ou diminui o equilíbrio.

Pressão baixa, que leva a tonteiras.

Soluções

Checar periodicamente a visão com um oftalmologista de sua confiança.

Checar seus ouvidos com um otorrino (o sistema vestibular, que nos confere equilíbrio, está nessa região do corpo)

Checar seus músculos e juntas com um ortopedista.

Estimular a deambulação (caminhar), mesmo que o idoso necessite de andadores, bengalas e dispositivos auxiliares, para não deixá-lo ficar desacostumado.

Na questão da nutrição, é importante que a dieta diária contemple: uso moderado de gorduras, doces e óleos; ingestão de mais de três porções de leite, queijo e iogurte desnatados; peixe, frango, feijão, ovos e nozes, mais de duas porções; leguminosas e frutas, mais de três porções; pão integral, cereais e grãos, em torno de seis a onze porções; ingestão de cerca de oito copos de água por dia

Formas de Prevenir Quedas em Casa

Tratando-se de que a queda ocorre principalmente em ambiente doméstico, podemos preveni-la com simples medidas que possam facilitar a execução de atividades diárias dentro de casa.

Todos os cômodos devem ter, sem exceção, boa iluminação e evitar tapetes, fios ou qualquer outro objeto no acesso a portas, corredor e ao redor da cama e sofás.

No Banheiro:

A maior taxa de quedas costuma ser no banheiro. Má iluminação, piso mais escorregadio, falta de apoio. Veja como prevenir com três simples ações:

I) Use tapetes emborrachados antiderrapantes.

II) Mantenha uma boa iluminação utilizando lâmpadas fluorescentes.

III) Instalar barras de apoio laterais e aumentar a altura do assento sanitário.

IV) Manter um pequeno banco no box, caso decida por banhar-se sentado;

No Quarto:

I) Usar tapetes fixos ao chão e não encerar o piso.

II) Ter um abajur ou interruptor de luz próximo à cama.

III) Ajustar a altura da cama e colchão firme.

Na Sala:

I) Preferir sofás firmes e altos.

II) Utilizar poltronas com braços.

III) Manter aparelhos de som e televisão com controle remoto e fios bem presos;

Escadas:

I) Deve possuir corrimão nas laterais.

II) Estar livre de objetos.

III) Utilizar fitas antiderrapantes nos degraus.

IV) Ter interruptores de luz na parte superior e inferior da escada.

Torna-se necessário também verificar alguns itens relacionados à postura corporal do idoso, principalmente para adequar à distribuição de móveis e utensílios: i) prateleiras e armários devem estar ao alcance do idoso; ii) ao se abaixar, orientar o idoso a dobrar os joelhos de forma que a coluna se mantenha ereta, ou então sentar-se em um banquinho, para realizar atividades próximas ao chão; iii) varais de roupa devem ser alcançáveis;

A influência das cores na vida das pessoas idosas é muito significativa. Desta forma, quartos de dormir nas cores verdes ou azuis podem ser adequados, pois são tonalidades relaxantes e que proporcionam bem estar. Áreas de alimentação e de atividades em cor laranja ou vermelha são interessantes, porque são cores estimulantes, inclusive do apetite.

Em resumo, as ações mais importantes para prevenir esse tipo de acidente são: i) Melhorar o ambiente do idoso; ii) Realizar exames médicos periódico; iii) A manutenção de uma dieta saudável rica em cálcio e vitamina D; iv) Banhos de sol para fortificar os ossos; v) Seguir um programa de atividades físicas que visem o equilíbrio, coordenação e força muscular.

error: Content is protected !!
Visit Us On FacebookVisit Us On Instagram